quarta-feira, 13 de maio de 2009

aquilo.

Uns tempos atrás, sexo era 'aquilo'. Um assunto desconfortável, sobre o qual muita gente não gostava de falar. Se alguém começava a conversar sobre 'aquilo', sempre tinha quem saísse prá beber uma água, se lembrasse de buscar alguma coisa em outro lugar ou, simplesmente, mudasse de assunto e discutisse o clima. Ultimamente, porém, o tema vem ganhando muito espaço na vida e nas conversas das pessoas. É comum conversar sobre sexo com os amigos e também com os pais, ainda que, no início, possa existir um pequeno desconforto. O rumo das conversas é diferente do que se poderia esperar: o que antes era pura curiosidade, agora virou apenas uma troca de experiências, um tema como outro qualquer. Com a televisão, a internet e, como seus avós dizem, "essas crianças curiosas sem pudor!", já se sabe tanto quanto, ou até mais que seus pais, quando ainda se está iniciando a vida sexual. A conclusão a que muitos pais, ao tentarem esclarecer seus bebês sobre isso, é que esse mundo está mesmo mudado... E também acabam se perguntando onde é que seus filhos aprenderam isso tudo.

[pauta para o site: vamos falar de séquisso.]

4 comentários:

Leo Freitas disse...

hummmm..
hehehe

O Frango... ® disse...

por falar em séquisso, tenhoq ue tirar o atraso com as postagens do seu blog. Não vou comentar em todos os textos, mas saiba que eu li tudo! ^^

Fernanda N disse...

oi anna!
concordo plenamente! sexo virou um assunto banal... ninguém tem mais vergonha ou se sente intimidado para falar sobre isso, que deveria ser um assunto íntimo de cada um, mas que acabou virando troca de experiência, ou pior, contagem de membros na lista... eu, como a legítima conservadora neste quesito, mantenho minhas intimidades guardadas a 7 chaves!! e nem tô!!

beijocas!!

Jessie. disse...

acho que pais ainda sentem dificuldade de falar sobre isso. no fundo é essa pergunta "onde eles aprendem tudo isso?" que assusta mais.
mas os tempos mudam - ainda bem!