domingo, 25 de janeiro de 2009

amy sol, um xuxu da terra dos xuxus.


Mocinhas delicadas, tons pastéis, natureza, candidez e elegância. Essa é parte da fórmula do trabalho de Amy Sol. Parte. A outra? Um talento incrível para reunir tudo isso de forma harmoniosa e emoção.

Amy Sol viveu sua infância na Coréia e, adolescente, se mudou para Las Vegas, onde ainda reside. De sua terra natal, trouxe as influências dos mangás. Já a experiência nos Estados Unidos trouxeram, para seu trabalho, ilustrações vintage e um design moderno. Puro loosho!

A artista plástica trabalha em "estado de calma completa", de acordo com a revista Zupi. E essa preferência acaba se refletindo nas personagens de suas ilustrações, que aparentam estar em um limiar entre o acordado e o dormindo, algo como um sonho com uma pontada de realidade.

Ela geralmente usa como suporte painéis de madeira, pintados em acrílico. Como é explicado em seu site, Amy trabalhou durante alguns anos na criação de uma palheta de cores própria, através da mistura de diversos pigmentos, obtendo tons pastéis suaves e cândidos. Amy apelidou-os com nomes subjetivos, como "árvores da noite", outono chuvoso", "ponche de frutas murchas" e "final de tarde". Fofa!

Ela foi, ainda, ponto de partida para um dos desfiles do último São Paulo Fashion Week - Inverno/2009. Erika Ikezili buscou, como de costume, referências orientais, e seu trabalho foi influenciado pela arte do furoshiki - embrulhar objetos e presentes em tecidos - e pelos desenhos da coreana. Isso levou as criações de Erika por um caminho lúdico e delicado, com uma cartela de cores leve e feminina na qual se viu muito cor-de-rosa, bege e azul.
"Passei grande parte da minha vida criando na solidão. Meus pais apoiaram-me muito e rodearam-me de livros e coisas para abrilhantar essa imaginação". Amy Sol
Visite o site da artista plástica para sua galeria, informações, novidades, blog da artista e para comprar seus desenhos.

9 comentários:

Lott disse...

tudo bem que eu comentei aqui no ultimo post nao tem nem meia hora, mas aqui estou novamente!


A Amy Sol manda bem demais! O trabalho dela parece muito com o da Audrey Kawasaki ( http://www.audrey-kawasaki.com/ ). Pintura sobre madeira, tons pasteis, calma, mas a Amy é mais candid mesmo!

Adorei!
Vou entrar no site pra conferir!

Essas coisas de arte sempre me deixam meio estuporado. me da vontade ver mais, mais e mais e mais e MAIS! E depois de querer fazer algo!

Inspiring!

Beijo Anna Montana!

H. R. Silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
H. R. Silva disse...

Amy Sol... impressionante como ela reforça e transforma, nos desenhos, o esteriótipo da gueixa oriental submissa. Adorei, muito poética a obra... E desenhar na madeira com acrílico? Que isso.. muito legal mesmo. Eu entrei no site dela... maravilhoso. Confesso que baixei um wallpaper, não pra usar [ia pegar mau pacas] mas só pra admirar quando quiser. rsrsr... Ótima indicação Anna. Parabéns e a redação está, nem precisava comentar, ótima também.

Jessie. disse...

Amy Sol é simplesmente mara, linda e xuxu!
Apaixonei com ela desde que a vi na Zupi, simplesmente perfeita xD
Ótimo post amiga!

Buono disse...

aposto que ela usa entorpecentes

O Frango... ® disse...

zupiiiiiiiiiiii
(te imaginei falando isso frenética...)

A small tinha me mostrado os desenhos dessa mulher! muito lindos!!

Erica Perfeito disse...

Os trabalhos dela são lindíssimos!!!
Realmente dá vontade de ver mais e mais. :D

Bjinhossssss

MiMi disse...

Lindo demais os desenhos...apaixonante!

Marília disse...

Só vou dizer uma coisa: virei fã! :D