domingo, 3 de maio de 2009

recolher o toque de recolher?

Em algumas cidades, já há um horário certo para que adolescentes voltem para suas casas, de acordo com a faixa etária. Definida por lei, essa regra pretende proteger o jovem e evitar que ele se meta em problemas. A principal crítica à medida é que a decisão acaba interferindo na própria autoridade dos pais. Afinal, são eles que deveriam ter consciência do quão maduros e responsáveis são (ou não) seus filhos. Enquanto isso, pais que não conseguem exercer sua autoridade comemoram: esperam que, pelo menos assim, serão respeitados. Mas será que vale, esse "respeito"?
Uma coisa é certa: quem quer aprontar não vai desistir porque "já passou seu horário de ficar na rua". E quem quer se divertir, mesmo já tendo maturidade para isso, é que vai sair prejudicado nessa história.

[pauta para a revista: como vocês receberam a notícia do "toque de recolher"?]

Um comentário:

Jessie. disse...

Toque de recolher é uma bobagem. É como você disse: quando você quer, você faz, não interessa se o Papa proíbe. Numa época que a gente fala tanto da importância do diálogo, isso é voltar no tempo.