domingo, 5 de abril de 2009

obrigada por poder aprender.

Sempre tive professores muito bons. Com eles, aprendi muitas coisas que não aprenderia no convívio familiar. Foram eles que me estimularam a me jogar em lugares encantados da literatura, compreender melhor o mundo através de números e equações, a descobrir um passado que não existia nem em meus sonhos mais delirantes. O que seria de mim sem todas as palavras que sempre fervilharam em minha mente, sem as contas inacabáveis que tornaram meu raciocínio muito mais rápido, sem saber as leis que regem o comportamento do homem e de tudo à sua volta? Seria uma grande interrogação, incapaz de responder a mim mesma, mas, ao mesmo tempo, esperando por uma resposta. Esperando por um professor.
Mesmo assim, já vi muitos casos de agressão a professores. Vi alunos muito desrespeitosos, vi professores muito ofendidos. Algumas pessoas simplesmente não veem o quanto esses profissionais se desdobram para cumprirem seus papéis de educadores. Agridem seus professores desnecessariamente, sem ver que não crescemos sozinhos, mas com a ajuda de outros que sabem mais e desejam compartilhar esse conhecimento. O aluno deve, ao menos, respeito e gratidão por quem se propõe a ensiná-lo. Uma questão de bom senso.

[pauta para a revista: Mais respeito aos professores?]

14 comentários:

[Felipe Galvan] disse...

eu acho que professores são de uma responsabilidade muito maior do que se julga por aí.. pois têm um exemplo a dar... de como ser... ou de como não ser [na vida acadêmica nesse último caso]

só desperta a paixão de aprender, quem tem a paixão de ensinar. esqueci o autor .

bjs colega de bh!!

Francisco disse...

Ok, nem ia falar isso, mas eu já vi você dando exeplos de "como NÃO se comportar com um professor"... tipo conversar na aula quando vc está na primeira carteira. Mas de boa, né? =P

laune disse...

eu gosto de meus professores :D

Jessie. disse...

Já tive grandes professores e acho que nem consigo mensurar o quanto devo a eles. Muitos eram, e continuam sendo grandes amigos.
Quando ensinam com paixão, passam a ser mais que professores, e o papel importantíssimo que desempenham merece não só respeito como também admiração.

Anna Carolina disse...

Conversar na aula não é a mesma coisa que xingar um professor. e, quando eu converso, eu não estou na primeira carteira. pensa um pouquinho antes de falar coisas assim, Fran.

Jéssica disse...

O que os pais dessas crianças/adolescentes, que agridem, xingam ou ofendem o professor de alguma forma, não entendem que antes da educação na escola vem a que é dada em casa. Depositar essa responsabilidade na escola e ainda apoiar o filho é, com certeza, inaceitável.

Beeijos

'  ℓimiє disse...

eu concordo com tudo que você disse , mas tem professor que pede pra ser ofendido , sem contar naqueles que nos ofendem ! maas excluindo os professores ruins , eles merecem todo esse mérito mesmo *-*
bejoo

Leeh Bodart disse...

Adorei seu blog! To começando o meu agora, se você puder da uma passadinha lah eu vo adorar!
Beijão

Loris disse...

Nossa, eu amei seu blog e tal. Parabéns :)

Amanda disse...

Professores são para isso mesmo, adorei aqui (:

pensaniisso.blogspot.com

The Wonderwall disse...

Olá, super legal o seu blog! Realmente é muito importante questionar a relação dos alunos-professores, porque ela pode ser 'dolorida' para ambos. =*

.daia. disse...

Para a situação não ficar embaraçosa eu acho que o respeito tem que partir dos dois lados mesmo!
Se um não quer, dois não briga?
Errado! Os dois tem que querer não brigar!
=)


bjossss;***

Mylla disse...

oii eu te indiquei um selo!
passa no meu blog e veja!

Yasmin disse...

foram poucos em todos esses anos, que me conquistaram de verdade, tive professores que jamais esquecerei, não apenas pelo que ensinaram mais por ser pessoas melhores ainda que simples professores, mas não posso mentir e dizer que não tinha aquele professor que não descia, aliás não só pela minha parte.